shop-cart
Grandes projectos turístico-imobiliários ameaçam a orla costeira entre Tróia e Melides

Grandes projectos turístico-imobiliários ameaçam a orla costeira entre Tróia e Melides

Jornal Mapa

Num cenário actual que nos leva a questionar e desconstruir a monocultura do turismo, os grandes promotores imobiliários e o governo apostam no regresso em força dos resorts. Em 2010, o Plano Regional de Ordenamento do Território do Alentejo prometera que o litoral alentejano seria a nova meca do investimento turístico e imobiliário em Portugal. A crise financeira global travou esse ímpeto, mas uma década depois a sentença está a ser cumprida.