shop-cart

Crónicas

Monstros debaixo da cama

Diogo Duarte

Nas últimas semanas, contudo, um dos documentos oficiais que mede a temperatura à «nossa» ordem pública e um dos institutos independentes que a «observa» – um gesto passivo que lhe permite assegurar a sua neutralidade e distanciamento – causaram alguma perplexidade nas redes sociais.

Descolonização, Retornados e Descolonialidade

Jornal Mapa

Em 1961 anos o Portugal salazarista começava a guerra pela manutenção das colónias. Convém escrever que o regime do Estado Novo nunca reconheceu a existência de uma guerra, considerando que os movimentos independentistas eram apenas terroristas e que os territórios não eram colónias, mas províncias e parte integrante de Portugal.

MIL E UMA DIATRIBES E UM SOPRO DE VIDA

Júlio do Carmo Gomes

A luta é também encantamento. O poema que aqui tem lugar não busca apenas desatar os nós do capitaloceno e transgredir o desencantamento produzido pelo regime liberal: versa o encanto.