shop-cart

Lendo: Frackanpada 2015 – Encontro internacional contra o Fracking em Vitoria-Gasteiz, País Basco.

Frackanpada 2015 - Encontro internacional contra o Fracking em Vitoria-Gasteiz, País Basco.

Frackanpada 2015 – Encontro internacional contra o Fracking em Vitoria-Gasteiz, País Basco.


cartel-en_640pO movimento contra o gás de xisto Fracking EZ do País Basco está a organizar uma acampada internacional contra a técnica de extração de gás através de fratura hidráulica, mais conhecida como fracking. Depois de conseguir criar uma Iniciativa Legislativa Popular (IPL) no parlamento Basco e de trabalhar institucionalmente no País Basco para proibir esta técnica, o movimento leva a cabo a organização de um acampamento. O evento será realizado nos dias 13 a 19 de Julho em Subijana de Álava, a 14 km de Vitoria, onde se pretende instalar os primeiros poços com a técnica de fracking no País Basco.

 

O nome do acampamento será “Frackanpada” e será organizado com o apoio de um grupo internacional de pessoas comprometidas com o projecto. O objectivo é que o acampamento se torne um ponto de encontro entre as pessoas e colectivos que se opõem ao Fracking e que lutam contra as petrolíferas em diferentes lugares e países. O encontro é também um espaço dedicado à troca de ideias tanto para a acção como para dar a conhecer os problemas do Fracking e de forma a mostrar às petrolíferas que não terão o trabalho facilitado no que toca à implementação desta técnica. Serão realizados debates, exibidos documentários, actividades infantis e muito mais. Pretende-se fazer a ligação entre esta luta e outros desafios actuais, tais como o desenvolvimento económico global, a indústria de extração de hidrocarbonetos, a crise energética, as alterações climáticas e também abrir portas para a reflexão sobre formas de organização horizontal, feminismo, entre outras. Quer-se ainda refletir sobre o modelo económico, as condições de vida e a repressão que se abate sobre aqueles que se opõem e lutam contra o actual sistema de exploração e dominação.

Este evento é importante para a luta contra o fracking e as petrolíferas em Portugal. No País Basco, em pouco mais de um ano, o trabalho do movimento FrackingEZ conseguiu dar voz à preocupação da população local, levar a sua voz ao parlamento Basco e colocar pressão sobre a indústria e o governo espanhol. O movimento junta agora activistas de todo o mundo à sua luta local, com objectivos a nível mundial.

Para os participantes portugueses é o momento ideal para pensar no problema da fratura hidráulica a nivel ibérico e europeu, mas também para trocar ideias, aprender e criar em conjunto. Desta forma, talvez os projectos para extracção de gás e petroleo que pairam sobre o território português através das empresas petroliferas e do governo se vejam dificultados.

No texto do grupo organizador disponível em frackanpada.frackingez.org pode-se ler:

“Esta é uma convocatória aberta para recolher propostas para o programa do acampamento anti-fracking no País Basco. Esperamos receber as vossas apresentações, workshops e propostas de actividade sobre: Lutas contra o Fracking no Mundo // Outras lutas relacionadas com a extração de combustíveis fósseis // Campanhas sociais e/ou ambientais e suas táticas de resistência // Propostas para o futuro”

As propostas para participar no acampamento estão abertas até ao dia 4 de Maio, e podem ser feitas no site do evento.

 

 

 

 


Written by

Jornal Mapa

Bookmark this article