shop-cart

Massacre de Melilla: as fronteiras são actos de violência

Teófilo Fagundes

A 24 de Junho, cerca de 2,000 pessoas tentaram saltar a vedação entre Marrocos e Melilla. A repressão foi brutal e resultou em 40 mortos, de longe o maior número de vítimas numa só tentativa de cruzar esta fronteira. Um resultado que sublinha a natureza mortífera das políticas fronteiriças da UE.

Idanha-a-Nova: 31 ideias em vez do IC31

Francisco Colaço Pedro

Foram décadas de envelhecimento e desertificação humana, mas nos últimos anos pessoas de todo o país e de todo o mundo têm encontrado em Idanha a possibilidade de uma vida de qualidade.

Uma janela para a grande escassez

Jornal Mapa

A escassez de matérias-primas e de energia que a economia global sofreu nos últimos meses é uma pequena amostra do que pode acontecer nos próximos anos se os padrões de consumo não forem alterados.

Presos em luta no Estabelecimento Prisional de Monsanto

Jornal Mapa

Quinze reclusos do Estabelecimento Prisional de Monsanto iniciaram uma greve de fome e de sede reivindicando o fim das restrições que continuam a sofrer, impostas com as medidas da pandemia, e que fora de muros praticamente já não existem.

Mapa #34: No meio da tempestade perfeita

Jornal Mapa

No meio da tempestade perfeita, potenciada pela espiral de destruição da guerra na Ucrânia, a edição #34 (Maio-Julho) do Jornal MAPA, reflecte inevitavelmente sobre a barbárie da guerra e a militarização das nossas vidas, essa normalidade do «medo permanente» que recusamos.