shop-cart

Notícias


Às armas!

Jornal Mapa

«Flexibilizar» os direitos das polícias na fronteira; introduzir, no Código Fronteiriço de Schengen, o conceito de migrante «instrumentalizado», de forma a torná-lo passível de ser mais facilmente deportado; e abrir...

Massacre de Melilla: as fronteiras são actos de violência

Teófilo Fagundes

A 24 de Junho, cerca de 2,000 pessoas tentaram saltar a vedação entre Marrocos e Melilla. A repressão foi brutal e resultou em 40 mortos, de longe o maior número de vítimas numa só tentativa de cruzar esta fronteira. Um resultado que sublinha a natureza mortífera das políticas fronteiriças da UE.

Perseguição aérea

Teófilo Fagundes

Francisco Pedro, levado a tribunal por interromper o discurso de António Costa no 46º aniversário do PS para alertar contra a construção do aeroporto do Montijo, foi absolvido em Fevereiro....

Tanta casa sem gente e tanta gente sem casa

Filipe Nunes

Em Lisboa e um pouco por todo o país são despejadas violentamente e sem alternativas de habitação famílias inteiras em situação de fragilidade social que ocupavam casas vazias. Na marcha...